Fluxo de consciência # 19

Tem certos dias em que o cansaço me vence. As pernas doem, o corpo lateja, a cabeça pulsa. A mecanicidade da rotina é ferramenta de tortura medieval. Encontrar o equilíbrio e driblar o “mais do mesmo” é um dos grandes desafios.

Tenho dormido tarde, acordado cedo, trabalhado, me dedicado a um projeto pessoal, estado próxima da minha família ❤ e de meus amigos queridos ❤ , organizado minha casa e lidado com o resto do mundo. Dentre essas coisas, as paixões eu tiro de letra. Já as obrigações e convenções sociais são mais exaustivas do que posso suportar.

Criei uma conta no Instagram para poder falar/ilustrar sobre o que gosto. É um alívio, uma recompensa. Como dizia Ferreira Gullar: “A arte existe porque a vida não basta”. Definitivamente, ela não basta. É um tremendo alívio quando posso ficar só com os meus pensamentos e conversar horas e horas com eles, sem falar sequer uma palavra. Maravilhoso é o conforto de criar algo, tirar algo do universo abstrato e torná-lo real. A cura está no silêncio e na observação, mas é um afago na alma conversar com gente agradável, com exploradores do mundo e de si mesmos, que estão interessados em algo a mais do que egos, superficialidades, máscaras, lamentações ou chateações.

Surreal poder conversar, através da literatura, da música, do cinema e da pintura, com velhos amigos, pesssoas que já morreram há muuuuito tempo. É ultradimensional, uma experiência magnética e impagável!

É bom matar a saudade daqueles nos quais tive o prazer de conhecer em vida e que tanto me ajudaram, influenciaram, indicaram novas rotas e provaram que fruição estética pode estar associada a conhecimento (sim, é possível!).

Quando o tédio do presente bate a porta, quando o cansaço grita em meu ouvido e certas relações sociais tornam-se um fardo demasiado pesado, eu me volto para o passado, para outras dimensões, para dentro de mim. Entro e fecho a porta no meu lugar inviolável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s